terça-feira, 31 de maio de 2011

Dia Mundial Sem Tabaco: 12 motivos para parar de fumar já!

Segundo a OMS, o tabagismo irá matar mais de 16 mil pessoas por dia em 2011


Motivos não faltam para extinguir o fumo da sua rotina. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou, no último dia 27 de maio, que o tabaco irá matar nada menos que seis milhões de pessoas somente em 2011, sendo 600 mil fumantes passivos. Se esses números continuarem aumentando, a estimativa é que, em 2030, oito milhões de pessoas morram por ano por conta desse péssimo hábito.

O Dia Mundial sem Tabaco (31 de maio) foi criado pela OMS em 1987, justamente para tentar reduzir esses números alarmantes. O objetivo é atrair a atenção do mundo para a epidemia do tabagismo - que matou 100 milhões de pessoas no século XX - e as mais de 50 doenças relacionadas a ele que poderiam ser evitadas. Governos de diversos países, especialistas e estudos científicos caminham para uma
mesma direção: alertar que o fumo faz mal e causa inúmeros malefícios no organismo. Confira alguns deles:

1. Redução de olfato e paladar

O fumo traz sérias alterações na boca e no nariz. "Os agentes químicos presentes no cigarro atuam como irritantes da mucosa bucal, o que resseca e aumenta a camada de queratina", explica a nutricionista Thais Souza, da Rede Mundo Verde. Ela explica que o fumo promove alterações nas papilas gustativas, o que impede que o fumante sinta o real sabor dos alimentos.

Além disso, o cigarro é prejudicial para a mucosa olfativa, já que seu efeito térmico pode levar a lesões que alteram o olfato.
teram o olfato.

2. Doenças gastrointestinais

A digestão já fica prejudicada por conta das alterações no paladar. Para completar o desastre, a nicotina no sistema digestivo provoca a diminuição da contração do estômago e provoca irritação. O uso contínuo do cigarro enfraquece o músculo que impede o refluxo, o que aumenta o contato de ácido gástrico com a mucosa esofágica. O tabaco ainda facilita a infecção por bactérias causadoras da úlcera gástrica.

3. Rugas e pele envelhecida

Além dos dentes amarelados e do mau hálito, a pele tende a envelhecer mais rápido nos fumantes. "Existem alguns estudos feitos com gêmeos, em que somente um tinha o hábito de fumar, que comprovaram que aquele que fumava poderia aparentar até oito anos a mais que o irmão", conta o cirurgião plástico Gerson Luiz Julio.

Isso acontece porque a pele diminui a produção de colágeno e perde brilho e elasticidade. De acordo com Gerson, o aparecimento precoce de rugas também é provável, o que deixa a pele com um aspecto pardo ou amarelado. "Outra característica que os fumantes normalmente expõem na face são as populares manchas", completa o profissional.


4. Câncer de boca

De acordo com o diretor do Departamento de Estomatologia do Hospital do Câncer, Fábio de Abreu Alves, 95% dos pacientes com câncer de boca fumam. O motivo é a composição do cigarro: "Ele é produzido por cerca de 4.700 substâncias tóxicas, sendo 60 cancerígenas", diz o especialista. Esse emaranhado de elementos nocivos presentes no tabagismo ainda é responsável por diversos outros tipos de câncer, principalmente nas vias aéreas, como laringe, esôfago e pulmão.

O dentista Marcelo Kyrillos, da clínica odontológica Ateliê Oral, também explica que a nicotina desestrutura a parte óssea da boca e danifica a estética vermelha natural da gengiva. O esmalte dos dentes é atingido pelo alcatrão. Ela penetra no esmalte superficial e causa o escurecimento deles.

5. Problemas de visão

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, INCA, os fumantes apresentam um risco duas vezes maior de catarata e de duas a três vezes maior de desenvolver a degeneração macular relacionada à idade.

O oftalmologista Virgilio Centurion, diretor do Instituto de Moléstias Oculares, conta que os efeitos maléficos do tabagismo também estão associados à queda das pálpebras. "Isso pode provocar uma diminuição do campo visual e o aparecimento da oftalmopatia de Graves, doença que apresenta como sintomas retração palpebral, edema palpebral, lacrimejamento, fotofobia, sensação de corpo estranho, entre outros", afirma o profissional.


6. Alteração das funções dos genes

A exposição à fumaça de cigarro altera a formação das células por conta do comprometimento da função de alguns genes, segundo um estudo realzado pela Southwest Foundation for Biomedical Research, nos Estados Unidos.

Os cientistas analisaram 1.200 pessoas e identificaram 323 genes que sofrem alterações na hora de converter informações genéticas em funções celulares por causa da fumaça do cigarro. Essas alterações têm grande influência negativa no sistema imunológico e um forte envolvimento no processo de morte das células e desenvolvimento de câncer.

7. Anulação dos efeitos benéficos de beber com moderação

A comprovação vem de um estudo da Universidade de Cambridge (Inglaterra) com 22 mil participantes. De acordo com os cientistas, beber com moderação (de três a 14 doses por semana) diminui as chances de um AVC, ou seja, uma redução de 37% no risco de acidente vascular cerebral.

No entanto, os fumantes que consumiam uma quantidade similar de álcool não apresentavam tal declínio em suas chances para o curso. Vale lembrar também que já era comprovado que pessoas que fumam têm um risco 64% maior de ter um
acidente vascular cerebral do que aquelas que nunca fumaram.

8. Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica

O tabagismo é a principal causa da DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), complicação definida pela presença de obstrução progressiva do fluxo aéreo. "O perigo de desenvolver DPOC em um grupo de fumantes de dois maços de cigarros por dia é aproximadamente 4,5 vezes maior que para os não-fumantes", conta a fisioterapeuta Adriana Marques Battagin, especialista em fisioterapia cardiorrespiratória.

Ela explica que o impacto da DPOC sobre o indivíduo portador não se dá somente na limitação física para a execução das atividades da vida diária, mas também nas relações afetivas, conjugais, sexuais, no lazer e no exercício profissional. Em decorrência da limitação física, muitos doentes tornam-se amplamente dependentes de seus familiares, despertando um sentimento de incapacidade e contribuindo para a diminuição de sua auto-estima e a alteração de humor.


9. Doenças neurológicas

Cientistas do National Brain Research Center, da Índia, descobriram uma ligação direta existente entre tabagismo e danos cerebrais. Um composto do cigarro, chamado NNK, desencadeia uma resposta exagerada do cérebro a partir de células imunes no sistema nervoso central.

Os glóbulos brancos, que normalmente eliminam células danificadas, passam a atacar células saudáveis, resultando em graves danos neurológicos. De acordo com os pesquisadores, a substân
cia é considerada pró-cancerígena, o que significa que pode causar câncer quando é modificada por processos metabólicos do corpo, além de desencadear distúrbios como a esclerose múltipla.

10. Infertilidade em mulheres e homens

O ginecologista Assumpto Iaconelli Júnior conta que, nas mulheres, o tabagismo pode causar: antecipação da menopausa, aumento de irregularidades menstruais, alterações hormonais, menor qualidade dos óvulos e embriões e dificuldade de implantação do óvulo.

"Observamos na nossa clínica, que realiza tratamentos de fertilização in vitro, que mulheres que fumam têm menor taxa de sucesso e precisam do dobro de tentativas, em média, em relação às não tabagistas, para conseguir uma gestação", completa o especialista.

Já nos homens, o cigarro afeta a formação e diminui a mobilidade dos espermatozóides, piora o potencial de fertilização e aumenta o estresse oxidativo (radicais livres).

11. Problemas no coração

A complicação cardiovascular decorrente do cigarro afeta até mesmo o fumante passivo. Pesquisadores do Departamento de Cardiologia do Erasme Hospital e a Univesité Libre de Bruxelles, na Bélgica, comprovaram que respirar as substâncias do cigarro afetam várias funções do sistema vascular arterial - e mesmo quando já não há mais fumaça no ar.

O tabagismo - tanto ativo quanto passivo - provoca elasticidade do sistema vascular. O presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão, Fernando Nobre, alerta: "Essa elasticidade traz danos para a manutenção de uma pressão arterial saudável, além de poder evoluir para outros problemas, como o AVC".

12. Complicações na maternidade

Gravidez definitivamente não combina com cigarro. "Abortos espontâneos, nascimentos prematuros, bebês de baixo peso, mortes fetais e de recém-nascidos, complicações com a placenta e episódios de hemorragia ocorrem mais frequentemente quando a mulher grávida fuma", afirma o ginecologista Aléssio Calil Mathias.

Segundo dados do INCA, um único cigarro fumado por uma gestante é capaz de acelerar, em poucos minutos, os batimentos cardíacos do feto, devido ao efeito da nicotina sobre o seu aparelho cardiovascular.

Um estudo da Universidade de York, no Reino Unido, também aponta que mulheres que fumam na gravidez têm maior risco de ter filhos hiperativos e com problemas de atenção na escola.

E não é só: o pneumologista Sergio Ricardo Santos, presidente da Comissão de Tabagismo da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), ainda dá o alerta de que bebês que convivem diretamente com fumantes têm maiores cha
nces de morrer sem nenhuma causa aparente, a chamada Síndrome da Morte Súbita Infantil.

Fonte:http://msn.minhavida.com.br/conteudo/13307-Dia-Mundial-Sem-Tabaco-12-motivos-para-parar-de-fumar-ja.htm?ordem=12

Ophir e D'Urso classificam PEC de Peluso de ditatorial e aterrorizante

Ophir Cavalcante e Luiz Flávio D'Urso
 condenaram a PEC dos Recursos
de Peluso, que cerceia a defes.
(Foto: Eugenio Novaes)
Brasília, 30/05/2011 - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, e o presidente da OAB de São Paulo, Luiz Flávio Borges D'Urso, classificaram hoje (30) de "ditatorial" e "aterrorizante" a proposta de emenda constitucional sugerida pelo presidente do STF, ministro Cezar Peluso - a chamada PEC dos Recursos - que impede a subida de recursos ao STF e aos Tribunais Superiores,a pretexto de tornar mais ágeis as decisões judiciais. "Isso seria criar uma ditadura dos Tribunais de Justiça estaduais, que muitas vezes erram; seria retirar da parte a possibilidade constitucional de recorrer de decisões muitas vezes injustas", afirmou Ophir Cavalcante, que recebeu hoje a visita do presidente da OAB-SP em seu gabinete no Conselho Federal da OAB.

Luiz Flávio D'Urso, por sua vez, classificou de "aterrorizante" a PEC dos Recursos, sugerida pelo presidente do STF, e que transforma os recursos extraordinários, julgados pelo STF, e os recursos especiais, de competência do STJ, em ações rescisórias. Com a mudança, as decisões judiciais de 2ª instância seriam aplicadas imediatamente, com o trânsito em julgado das sentenças. Para D'Urso, a proposta poderá prejudicar os direitos garantidos pela Constituição 88 de defesa e do princípio de presunção da inocência. "Essa alteração constitucional poderá provocar injustiças, como a prisão de alguém que pode ser absolvido em instância superior, pois antecipa os efeitos de decisões ainda não definitivas", afirmou D'Urso.

O presidente nacional da OAB sustentou que a proposta de Peluso procura atacar os efeitos e não as causas da morosidade do Judiciário e do excesso de processos à espera de julgamento. "O grande gargalo da Justiça brasileira não são os recursos judiciais, mas a falta de gestão eficiente do Judiciário", salientou Ophir. Ele ressaltou que a OAB não aceitará acabar com esses recursos, como propõe o presidente do STF, reafirmando que "isso criaria uma ditadura dos Tribunais de Justiça estaduais, ao retirar da parte a possibilidade constitucional de recorrer de decisões que são injustas, sobretudo em relação aos Tribunais de Justiça, que muitas vezes erram".


domingo, 29 de maio de 2011

10 dicas para você lavar sua moto corretamente


Hidratante corporal é bom para ser usado no banco

Secar a moto é fundamental, principalmente as partes elétricas

A água esconde a sujeiras


A esponja deve ser macia

Antes da lavagem, sua moto tem que estar fria.

Antes de jogar água fique atento  nas entradas de ar
 


Vede também a entrada do escapamento

Lave sua moto com solução feita à base de desengraxante e água

É recomendado passar um pano limpo para tirar o excesso de água


Nas partes de borracha ou plástico, recomenda-se o uso de silicone
 Voltou de viagem agora? Ou há tempos está para lavar sua moto e a preguiça não deixa? Lembre-se que gostar de moto não se resume apenas em andar de moto. É preciso cuidar da sua motocicleta, para que ela esteja sempre pronta para uma nova aventura. Seja na rotina diária ou nos passeios de final de semana. E, depois de usada, sua companheira merece um bom banho. Pensando nisso, reunimos dez dicas que ajudarão você a lavar sua moto e deixá-la impecável, sempre pronta para o próximo rolé.

1 – Antes da lavagem, sua moto tem que estar fria. A água gelada em contato com o motor quente pode danificar sua motocicleta.

2 – Antes de jogar água fique atento nas entradas de ar. É necessário tapar essas entradas, pois se a água entrar pode danificar peças da sua moto. Vede também a entrada do escapamento.

3 – A esponja deve ser macia. Além de não riscar, a sujeira não fica grudada nela ao molhá-la para uma nova lavagem. Nada de usar buchas ásperas, elas podem riscar a pintura ou ainda o para-brisa da moto.

4 – Lave sua moto com uma solução feita à base de desengraxante e água. É um produto mais barato que o detergente, faz espuma igual e você ainda pode usá-lo ‘cru’ para passar na corrente e no motor. Mas não escolha um desengraxante com esfoliante, por motivos óbvios.

5 – Fique atento aos detalhes. A água esconde a sujeira nos detalhes (que são muitos) e passa uma falsa impressão de moto limpa.

6 – Secar a moto é fundamental, principalmente as partes elétricas. A secagem ainda ajuda, pois para passar o pano com cera a moto deve estar completamente seca.

7 – É recomendado passar um pano limpo para tirar o excesso de água. Somente depois aplique a cera com um pano novo. Tenha paciência, pois toda a cera deve ser bem espalhada. Além de ficar mais bonita, a pintura da moto não queimará em contato com o sol.

8 – Não passe ‘pretinho’ nos pneus. Diferentemente dos carros, a moto usa precisa de equilíbrio e este produto tira a aderência dos pneus. Nas rodas pode-se usar cera de carnaúba para dar brilho.

9 – Nas partes de borracha ou plástico, recomenda-se o uso de silicone para destacar e conservar os detalhes da moto. Em motocicletas que tem detalhes cromados, use saponáceo cremoso. Ela ficará mais bonita e brilhante; mas cuidado, sempre proteja para não ir silicone (ou sapólio) no disco de freio.

10 – Embora soe esquisito, hidratante corporal é bom para ser usado no banco. Ele evita o ressecamento e aumenta a vida útil do assento.

Em média uma lavagem completa demora uma hora. Tente manter sempre sua moto limpa e em perfeitas condições de uso. Quem cuida tem!

Serviço:
Bar do Santa – São Paulo (SP)
www.bardosanta.com.br

Vice-presidente diz que Santa pagou cerca de R$ 600 mil de débitos do passado só em 2011

A grande presença da torcida tricolor nos jogos do Mais Querido, como de costume, atrairam a atenção de toda a mídia nacional. Dono dos três maiores públicos do país no ano, o Santa conseguiu grandes rendas em jogos importantes em 2011, chegando a ter a maior arrecadação da história do futebol pernambucano em uma partida na final contra o Sport Recife (R$ 1.177.140).

O dinheiro arrecadado nesses jogos foi bem utilizado pela diretoria, que mantém rigorosamente em dia o salário dos atletas e da comissão técnica coral. Porém, como era de se imaginar, grande parte dessa arrecadação serviu para quitar débitos anteriores do clube, que aos poucos vão sendo saldados pela atual gestão.

"Em todos os nossos jogos no Arruda tínhamos 3 ou 4 oficiais para fazer a penhora da renda e pagar débitos com ações trabalhistas e da área cível. É claro que nem todo dinheiro foi para isso, mas conseguimos pagar cerca de 600 mil reais de débitos do passado", explicou o vice-presidente coral Joaquim Bezerra.

Segundo o dirigente, mais importante do que saldar dívidas antigas foi o trabalho que a atual diretoria fez com os atletas que deixaram o clube.
"Todos os jogadores dispensados saíram do Arruda em acordo e não voltaram mais para cobrar dinheiro na justiça. Com isso garantimos que a nossa dívida não irá mais aumentar."

"Se a dívida não está crescendo e ao mesmo tempo estamos pagando os compromissos com nossas rendas, como a do programa Todos com a Nota, a tendência é que tudo seja pago ao passar dos anos"
, finalizou Joaquim.
Fonte: Agência CoralNET de Notícias

sábado, 28 de maio de 2011

Avenida Martin Luther King ao lado da Prefeitura do Recife, ganha novas placas

A Avenida Martin Luther King está sendo recuperada, um trabalho ágil e eficiente, a Prefeitura do Recife faz a manutenção desta via.
Na frente do TRF homens trabalham no dia de hoje, 28/05/11 (sábado), a todo vapor para minimizar os transtornos que uma obra como está trás.
Mais, uma placa na avenida define bem a situação, “O transtorno passa e o benefício fica.”
Parabéns! Prefeito João da Costa.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Revista "VIP" divulga fotos da ex-BBB Maria seminua

A revista "VIP" divulgou algumas fotos de sua edição de aniversário, com a ex-BBB Maria Melilo, 27.

Na publicação, que chega às bancas nesta sexta-feira, a ganhadora do "Big Brother Brasil 11" aparece quase nua, coberta apenas por plumas.

Melilo já posou para a "VIP" há dois anos.

Em junho, ela também será capa da revista "Playboy".

Divulgação VIP
Maria do "BBB11" é capa da edição de 30 anos da Revista "VIP"
Maria do "BBB11" é capa da edição de 30 anos da Revista "VIP"
Divulgação VIP
Maria em fotos da "VIP" deste mês"
Maria em fotos da "VIP" deste mês"
Divulgação VIP
Maria, em fotos da "VIP" deste mês
Maria, em fotos da "VIP" deste mês


Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/921724-revista-vip-divulga-fotos-da-ex-bbb-maria-seminua.shtml

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Orientação Jurisprudencial nº 191 esclarece: dono da obra não responde solidariamente com empreiteiro


Com a nova redação da Orientação Jurisprudencial nº 191 da Subseção 1 Especializada em Dissídios Coletivos (SDI-1), aprovada no dia 24 de maio, pelo Pleno do Tribunal Superior do Trabalho, o Tribunal esclarece seu entendimento em relação à responsabilidade solidária ou subsidiária do dono da obra de construção civil, em contratos de empreitada, pelas obrigações trabalhistas eventualmente descumpridas pelo empreiteiro, limitando-a às construtoras ou incorporadoras.

O entendimento é que, para as empresas de construção civil, a obra tem finalidade econômica, ou seja, é sua atividade-fim. Nesses casos, existe a responsabilidade, que pode ser solidária, quando compartilha com a empreiteira o pagamento das verbas, ou subsidiária, em que responde pelas dívidas caso o devedor principal não o faça.

A nova redação da OJ 191 é a seguinte:

CONTRATO DE EMPREITADA. DONO DA OBRA DE CONSTRUÇAO CIVIL. RESPONSABILIDADE

Diante da inexistência de previsão legal específica, o contrato de empreitada de construção civil entre o dono da obra e o empreiteiro não enseja responsabilidade solidária ou subsidiária nas obrigações trabalhistas contraídas pelo empreiteiro, salvo sendo o dono da obra uma empresa construtora ou incorporadora.

Brasil 'outorga impunidade a desmatadores da Amazônia', diz jornal

El País', da Espanha, engrossa críticas da imprensa estrangeira à aprovação de mudanças no Código Florestal.

O jornal espanhol "El País" traz nesta quinta-feira (26) uma reportagem sobre a mudança do código florestal aprovada na Câmara dos Deputados na terça-feira à noite, com o título "Brasil outorga a impunidade aos desmatadores da Amazônia".

A reportagem, que adota um ponto de vista crítico à aprovação, ressalta que a medida é mais uma "vitória do setor rural sobre o ambiental" dentro da lógica política do país.

"Mais uma vez fica claro quem manda no Brasil quando os interesses dos latifundiários estão em jogo", escreve o correspondente do jornal no Rio.

"O todo poderoso setor agropecuário brasileiro mantém sob controle a Câmara dos Deputados através de uma densa rede de apoio nos partidos majoritários, incluindo o Partido dos Trabalhadores (PT), do governo. Mais do que nunca ficou claro o poder de pressão que o campo brasileiro continua tendo nos despachos de Brasília", ele afirma.

Para o correspondente do jornal, "as imagens do Congresso após a polêmica votação eram inquietantes: dezenas de deputados se abraçando eufóricos e fazendo o sinal de vitória".

"Na mesma manhã, o Brasil se despertava com a notícia do assassinato, a tiros, do líder ambientalista João Cláudio Ribeiro da Silva e sua esposa, ambos os ativistas mortos pela preservação do Amazonas. Da Silva havia denunciado que sofria ameaças de morte por parte de madeireiros e pecuaristas do Pará, onde vivia. Os mesmos que provavelmente brindaram à aprovação do novo código."

Jornais criticam

O relato do jornal espanhol ilustra o tom crítico adotado na maioria dos artigos veiculados na imprensa europeia e americana sobre o assunto.

Na Grã-Bretanha, o jornal "The Independent" titulou: "Corte e queima: Brasil rasga a lei que protege as suas florestas".


 O periódico britânico dedica ao tema uma dobra de página e uma fotomontagem com imagens e gráficos, indicando que "a Amazônia segue ameaçada".

Como outras publicações, o "Independent" se debruça sobre os efeitos de uma possível concessão de anistia aos fazendeiros que, no passado, desmataram suas terras em maior escala que o permitido pela legislação.

A reportagem cita o renomado ambientalista Philip Fearnside, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), ouvido pela agência Associated Press.

"A proposta de anistia dá continuidade a uma longa tradição brasileira, de legalizar o ilegal. As pessoas acham que podem desmatar ilegalmente porque mais cedo ou mais tarde serão perdoadas", diz Fearnside.

A mesma declaração é reproduzida também no espanhol "ABC", para quem os deputados "ignoraram as pressões dos ecologistas e passaram como um trator sobre a opinião pública".

A reportagem do diário de Sevilha descreve o código como "a gênese de um gigantesco ambiental", atribuindo a avaliação aos ambientalistas.

Desdobramentos econômicos

O tema também mereceu espaço em dois dos principais jornais econômicos da imprensa estrangeira, o americano "Wall Street Journal" e o britânico "Financial Times".

O diário nova-iorquino comenta que a mudança da lei é "uma vitória para os grandes produtores e pecuaristas do Brasil".

"A presidente brasileira, Dilma Rousseff, adotou uma plataforma pró-desenvolvimento e geralmente se alia com os produtores ao invés dos ambientalistas. Porém, membros de seu governo dizem que a legislação, aprovada na forma atual, vai muito longe", observa o "WSJ".

Já o "FT" ressaltou que a "legislação ambiental alimenta temores pela Amazônia".

O diário ventilou a visão dos ambientalistas de que as mudanças no Código Florestal podem ameaçar as exportações agropecuárias do país.

"Sob o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, as autoridades conseguiram reduzir o ritmo de destruição da Amazônia através do monitoramento via satélite", escreve o jornal.

"Os ambientalistas argumentam que a implementação mais rigorosa da lei beneficiou os exportadores dos principais produtos brasileiros, incluindo soja e carne, que podiam alegar com credibilidade que não estavam produzindo em áreas desmatadas ilegalmente." (imagens e grifo meu)

Fonte:http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/05/brasil-outorga-impunidade-a-desmatadores-da-amazonia-diz-jornal.html

Acidente no Janga causa apreensão a moradores

Um motorista descontrolado dirigindo um Pálio sai da Rua Humberto da Costa e avança na Av. Dr. Claudio Gueiros no Janga, atingindo um Fiat Uno, no lado do motorista, na noite de quinta-feira, 25/05/2011.
É mais um caso de imprudência registrado no trânsito, que por pouco não provocou vitima fatal, o bombeiro fez o atendimento às vitimas.
E ficamos nos perguntando qual será que haverá uma investigação para saber quais as causas do acidente? Será que haverá punição se constatada a imprudência? Em fim o que será feito? A resposta já se sabe, NADA.
Testemunhas, afirmam que ele passou em alta velocidade, bem se isto tivesse algum valor, nas investigações, talvez não se repetisse tal fato, e os hospitais e vidas seriam poupadas.  

Relação estável diminui o desejo sexual feminino

Depois de 4 anos de relacionamento, menos da metade das mulheres desejam sexo regular

Um recente estudo realizado pela Universidade de Hamburg-Eppendorf, na Alemanha, sugere que mulheres que se sentem em um relacionamento muito seguro apresentam uma queda no desejo sexual.

A pesquisa aconteceu com 530 voluntárias e de acordo com os
cientistas, a diminuição da libido acontece em média depois de quatro anos de relacionamento. Os cientistas explicam que no começo da relação 60% das mulheres esperam que o sexo seja realizado regularmente, mas depois de quatro anos o número cai para 50%, e depois de 20 anos para apenas 20%.
Apesar do resultado, a pesquisa sugere que o desejo por carinho não diminui diante do tempo de relação. Aproximadamente 90% das voluntárias disseram receber carinho, durante todo o período de relacionamento. O estudo também analisou voluntários do sexo masculino e o resultado comprovou que, para eles, o desejo por sexo não diminui consideravelmente diante de uma relação estável. Os números variam entre 60% e 80%, durante todo o relacionamento.

terça-feira, 24 de maio de 2011

A vida extraeleitoral dos partidos políticos

Nem só da Justiça Eleitoral vivem os partidos. Além de agremiações políticas, eles são associações e pessoas jurídicas, reguladas em muitos aspectos pela legislação não eleitoral. Nesses casos, é a Justiça comum e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) que decidem a vida dessas entidades. E, apesar de críticas à “judicialização” da política, são disputas entre os próprios partidários que resultam nos processos.

São recorrentes, por exemplo, os casos que discutem estatutos, regras e procedimentos partidários referentes à filiação e convenções. Para o STJ, quando essas disputas antecedem o período eleitoral, compete à Justiça comum o julgamento. É o que ilustra o Conflito de Competência 105.387.

A ação é de um grupo que teria sido desfiliado arbitrariamente pelo presidente de um diretório municipal do PMDB. Segundo alegavam, o presidente teria feito com que assinassem um documento que, supostamente, viabilizaria a candidatura de sua esposa às eleições de 2008, mas cujo texto tratava de pedido de desfiliação dos signatários, às vésperas da convenção municipal.

O então julgador do conflito, hoje aposentado, ministro Fernando Gonçalves, explicou: “Não se trata, pois, de matéria eleitoral a ser dirimida pela Justiça Especializada, mas de contenda de cunho eminentemente civil, no âmbito das relações privadas de pessoas físicas, relativa a divergências ocorridas antes das eleições, em assuntos interna corporis de agremiação partidária e seus filiados.”

Outro caso similar, também do PMDB, tratava da intervenção do diretório nacional do partido no diretório estadual do Espírito Santo. Este ingressou com ação cautelar para paralisar o procedimento administrativo de intervenção, mas o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) negou a liminar porque a hipótese seria de competência da Justiça Eleitoral.

Mas o STJ determinou o seguimento da ação. “Trata-se de ato de intervenção oriundo do Diretório Nacional, estando configurada a natureza interna corporis, a justificar plenamente a competência da Justiça Comum na trilha de precedentes”, afirmou a decisão do então ministro Carlos Alberto Direito.

“Judicialização”

Mas, mesmo quando a questão é eminentemente política, os partidos tentam “judicializá-la”. Como ocorreu, entre outros, no Recurso em Mandado de Segurança 19.809. Nele, um prefeito cassado apontava falhas que, em seu entender, deveriam anular o procedimento.

Segundo alegou, a Câmara Municipal não respeitou a proporcionalidade dos partidos políticos na composição da comissão processante, indeferiu a produção de provas necessárias à sua defesa e não motivou o ato de cassação. Para o ministro Mauro Campbell, essas questões não são passíveis de julgamento judicial.

“Discutir se houve obediência à proporcionalidade possível na distribuição de assentos na comissão processante é ato meramente político do Poder Legislativo municipal, não sujeito a controle do Judiciário”, afirmou. “Da mesma forma, no caso, analisar (...) seu comportamento de acordo com a dignidade e o decoro do cargo é matéria que diz com o próprio mérito do ato político-administrativo de cassação, com a justiça ou injustiça da decisão tomada pela comissão processante, controvérsia esta que está fora do alcance do Poder Judiciário”, completou o relator.

Indenização

O STJ também já decidiu sobre a responsabilidade do partido político pela falta de registro de candidato aprovado em convenção. Nas eleições de 2000, um político deixou de ser registrado na Justiça Eleitoral como candidato do partido, apesar de ter sido escolhido em convenção, por erro do diretório local.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou o partido em R$ 30 mil pelos danos causados ao político. No STJ, a condenação foi aumentada para R$ 100 mil. O pré-candidato impedido de concorrer pleiteava mais de R$ 400 milhões de indenização.

Se nesse caso o partido deixou de atender o filiado, em outros as agremiações tentam ir além do que podem. O STJ entende que o partido não tem legitimidade para atuar em favor de membro que responde a processo por improbidade administrativa.

No Recurso Especial 1.184.132, o PMDB pleiteava o reconhecimento da sua legitimidade para apelar como terceiro prejudicado pela sentença que condenou um filiado seu por atos de improbidade administrativa quando este presidia a Assembleia Legislativa do estado. Seu interesse estaria no fato de que a suspensão dos direitos políticos do político impedia a ocupação de vaga do partido na Assembleia, aberta em razão de cassação do primeiro suplente e renúncia do titular para concorrer ao cargo de prefeito.

“Nas enfadonhas razões do Recurso Especial, o PMDB aponta violação a diversos dispositivos do Código de Processo Civil (CPC) e da Lei n. 8.429⁄1992, no intento de anular a condenação do seu filiado pela prática de improbidade administrativa. A irresignação não tem como prosperar”, afirmou o ministro Herman Benjamin ao julgar o recurso.

“O prejuízo sustentado pelo PMDB não decorre da sentença condenatória de seu filiado, e sim de fatos posteriores e alheios ao litígio, especificamente a renúncia de mandato eletivo por deputado titular e a cassação do seu primeiro suplente, situação que acarretou a ausência de representação na Assembleia Legislativa. Porém, insisto, isso não lhe confere legitimidade para ingressar no feito em que se discute a improbidade administrativa”, completou.

Campanhas danosas

Mesmo por fatos ocorridos em período eleitoral, a competência pode ser da Justiça comum. É o caso de um pedido de indenização por danos morais em favor de então candidato à prefeitura de Londrina (PR). O Tribunal paranaense entendeu que o adversário político do autor da ação de indenização agiu com o objetivo de caluniar o candidato, denegrir sua imagem e influir no resultado da eleição.

Conforme explicou o ministro Luis Felipe Salomão, as pessoas públicas, ainda que mais suscetíveis a críticas, não perdem o direito à honra. “Alguns aspectos da vida particular de pessoas notórias podem ser noticiados. No entanto, o limite para a informação é o da honra da pessoa. Com efeito, as notícias que têm como objeto pessoas de notoriedade não podem refletir críticas indiscriminadas e levianas, pois existe uma esfera íntima do indivíduo, como pessoa humana, que não pode ser ultrapassada”, asseverou o relator.

Ele também citou decisão anterior do STJ sobre os mesmos fatos para avaliar o valor da indenização fixada. Segundo esse julgado (REsp 575.696), os prejuízos políticos da ação precisam ser provados. No caso, o político manteve carreira política de êxito, sendo, à época do julgamento, deputado federal pela quarta vez seguida, com a segunda maior votação do partido e a oitava do estado, com mais de 110 mil votos em 2003, já após a campanha municipal. Antes, havia sido vereador e prefeito por várias vezes.

“É, sem dúvida, um vitorioso nos embates eleitorais. Vale lembrar que os fatos narrados nesses autos são de 27⁄9⁄1996, um ano após a eleição do autor para o segundo mandato de deputado federal e três anos antes da eleição para o terceiro mandato”, afirmou o então ministro Carlos Alberto Direito. Diante da ausência de maiores prejuízos ao autor da ação, o ministro Salomão, manteve a indenização no valor de R$ 7,5 mil fixados pela Justiça paranaense.

Chegou ao STJ, também, uma ação de pessoa que teve sua imagem usada indevidamente em campanha eleitoral. A fotografia usada era de meses antes do início da propaganda eleitoral, e era usada tanto em plano geral quanto com foco apenas na autora e no candidato, em close. Mesmo notificado extrajudicialmente para interromper o uso indevido, o partido manteve a propaganda, razão pela qual foi condenado em R$ 5 mil.

No STJ, o partido alegava que não teria cometido ilícito, nem haveria dano no uso, porque não vinculava a imagem da autora a nada ruim ou depreciativo. A ministra Nancy Andrighi não aceitou que o recurso fosse apreciado. Para ela, reavaliar o decidido pelo tribunal local exigiria análise de provas, o que é incabível em recurso especial.

Empréstimo milionário

Um dos casos mais rumorosos julgados pelo STJ envolvendo partidos trata do financiamento de campanhas. Uma suposta dívida de R$ 100 milhões da SMP&B Comunicação Ltda. ao PT em 2004 terá que ser julgado novamente pela Justiça do Distrito Federal.

A empresa entrou com ação de cobrança porque teria fornecido, entre 2003 e 2004, recursos financeiros no valor de R$ 56 milhões ao diretório nacional do partido, a pedido de seu tesoureiro-geral e secretário de Finanças e Planejamento, a título de empréstimo. A SMP&B alega que precisou arcar, além dos valores, com seus tributos, porque para financiar o partido, contratou empréstimo junto aos bancos Rural S/A e BMG S/A. Esses encargos corresponderiam a R$ 44 milhões.

Para o PT, a ação seria improcedente, porque não teria sido firmado qualquer contrato de empréstimo com a empresa e porque o tesoureiro não teria poderes estatutários para contrair empréstimos em nome do diretório.

Na fase de produção de provas, a SMP&B pediu a oitiva de testemunhas e perícia técnica. O PT propôs o julgamento antecipado da lide, por desnecessidade de demais provas, e, de forma subsidiária, a oitiva de testemunhas. A perícia foi autorizada, e as partes apresentaram seus quesitos. Mas, antes de ser efetivada a perícia, o juiz julgou a ação improcedente, porque a matéria seria predominantemente de direito. No recurso ao STJ, a empresa alega que tal julgamento cerceou seu direito de defesa.

Segundo o ministro Massami Uyeda, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) entendeu que o suposto repasse de valores da empresa ao partido não tratava de empréstimo, mas de “esquema espúrio e dissimulado de distribuição de dinheiro”, configurando simulação. Por isso, negar à empresa a produção de prova que visa comprovar exatamente o caráter de empréstimo dos atos praticados violaria seu direito ao contraditório.

“É certo que a questão do deferimento da produção de provas depende de avaliação do juiz, dentro do quadro fático existente e da necessidade das provas requeridas. Assim, cabe ao magistrado da causa analisar o cabimento da produção de provas, deferindo ou não a sua produção”, ponderou o relator.

“Entretanto, bem de ver que, na espécie, a hipótese é outra e, por conseguinte, outra resposta é de ser dada, pois o r. Juízo a quo [de origem], em ato judicial anterior, deferiu a produção da prova pericial. Porém, ao examinar a controvérsia principal dos autos – existência ou não de mútuo feneratício –, entendeu expressamente que ‘(...) Contrato típico de empréstimo (mútuo feneratício) entre as partes, certamente, não houve’, completou.

Para o ministro, o caráter controvertido da matéria exigiria melhor instrução probatória. Ele apontou também que a jurisprudência do STJ entende haver cerceamento de defesa quando o julgador indefere a demonstração de fatos controvertidos, cujo esclarecimento seja necessário e relevante para o julgamento. O processo foi devolvido à vara de origem em março, para ser retomado desde a fase de produção de provas.

Fonte:http://www.stj.gov.br/portal_stj/publicacao/engine.wsp?tmp.area=398&tmp.texto=101925

Advogados ganham convênio especial para compra de passagens aéreas

Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE) fechou um convênio inédito para beneficiar a advocacia do Estado. Os novos parceiros da entidade são as empresas TAM e Pontestur que, juntas, vão garantir desconto especial na aquisição de passagens compradas na agência, além de uma série de serviços diferenciados como acesso às salas VIP no Aeroporto do Recife, serviço aeroportuário, acesso aos acordos comerciais com hotéis e locadoras de veículos, entre outros.

“Esses serviços serão diferenciais oferecidos apenas aos advogados pernambucanos. Ou seja, quem comprar passagens TAM na Pontestur terá direito ao desconto especial sobre o valor pago normalmente nas compras pela internet e também acesso aos diferenciais garantidos pela Pontestur”, explica o presidente da CAAPE, Roney Lemos. Segundo ele, esse é um convênio que, sem dúvida, agrega um valor significativo ao trabalho que vem sendo realizado pela Caixa de Assistência. Ele ressalta, no entanto, que o desconto não vale para os valores cobrados nas tarifas promocionais.

Ele lembra que essa nova parceria é importante para os advogados que querem aproveitar momentos de folga para viajar e descansar, quanto para aqueles que precisar estar sempre indo para os outros Estados trabalhar. “Temos a certeza que esse é um dos benefícios mais importantes que estamos oferecendo para a advocacia pernambucana”, ressaltou também o presidente da OAB-PE, Henrique Mariano.

Fonte: http://www.oabpe.org.br/component/content/article/12-outdoor/8862-advogados-ganham-convenio-especial-para-compra-de-passagens-aereas.html

Atestado de problema mental livra Delma Freire de julgamento nesta terça





Delma Freire saindo do presídio para o julgamento, por volta das 8h desta terça-feira
Delma Freire saindo do presídio para o julgamento,
por volta das 8h desta terça-feira
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Acusada como mentora intelectual do assassinato da morte da alemã Jennifer Kloker, a pernambucana Delma Freire não será mais julgada nesta terça-feira, em São Lourenço da Mata, na Zona da Mata de Pernambuco. A acusada deverá ser encaminhada para o Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP), em Itamaracá, onde deve aguardar julgamento.

O advogado da ré, José Carlos Soares, colocou em dúvida a integridade mental dela, baseado em um documento italiano que consta nos autos do processo, atestando que ela sofre de "distúrbio bipolar com episódios depressivos correntes".

Segundo o documento, que é proveniente da Comissão de Primeira Instância da Itália, Delma possui 75% de problemas mentais. Como o juiz da comarca de São Lourenço da Mata, Djaci Salustiano, acatou o pedido e dispensou Delma do julgamento desta terça, a promotoria solicitou que a acusada seja encaminhada direto para o HCTP.




O advogado deve pedir, quando a audiência for remarcada, que o julgamento de Delma seja em outro fórum. Ele alega que a acusada estaria recebendo ameaças de moradores do município. Ele alegou ainda que decidiu solicitar o exame de sanidade mental dela baseado em uma matéria publicada no Jornal do Commercio, nessa segunda (23), em que a delegada Gleide Ângelo, uma das testememunhas de acusação, afirmou que Delma é uma psicopata.


Se for comprovado que a acusada tem insanidade mental, ela deverá ser julgada como inimputável, devendo ser encaminhada para tratamento psiquiátrico. Caso isso aconteça, o tempo de pena deve diminuir.


José Carlos Soares acredita que o novo julgamento deve acontecer em outubro ou novembro deste ano, com possibilidade de ser apenas no ano que vem. Segundo ele, o perito vai ter 45 dias para relizar o exame de saúde mental em Delma e emitir o resultado.

Fonte:http://ne10.uol.com.br/canal/cotidiano/grande-recife/noticia/2011/05/24/atestado-de-problema-mental-livra-delma-freire-de-julgamento-nesta-terca-273612.php

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Torcida coral lotou as ruas do Recife para comemorar o título Estadual de 2011

A torcida do Santa Cruz proporcionou neste domingo ao Recife um dos maiores espetáculos já vistos na cidade. Depois de conquistar o Campeonato Pernambucano 2011 de forma brilhante, milhares de tricolores participaram de uma grande carreata para comemorar título.A festa começou às 10h30 da manhã e quem abriu o percurso foi o carro que levava o presidente Antônio Luiz Neto, seu vice, Joaquim Bezerra, e parte de sua diretoria. Logo atrás seguiram diversos trios elétricos que arrastaram milhares de carros e agitaram as ruas até a avenida Boa Viagem.

Já na beira mar foi a banda baiana Araketu que animou a torcida tricolor e deixou a cidade em festa.

Por volta das 17h os últimos trios chegaram ao destino final, encerrando com chave de ouro a grande carreata coral.

Clique aqui para ver mais fotos da carreata!
Fonte: Agência CoralNET de Notícias

Acidente na PE-05 que liga São Lourenço da Mata a Paudalho deixa uma vítima fatal



Motor
Acidente na PE-05, na Comunidade de Tiúma, na cidade de São Lourenço da Mata próximo a Paudalho, que envolveu um Gol branco, placa KIL-5563, que seguia no sentido Paudalho, e um ônibus da empresa 1002, que fazia a linha Recife/Feira Nova. O acidente causou a morte de Isabele Ma­ria da Silva, 20, que estava no banco do passageiro do automóvel. O condutor do veículo, Marcos Santana da Sil­va, 36, sofreu uma fratura no fêmur e foi levado para a UPA de São Lourenço, de onde foi transferido para o Hospital Getúlio Vargas (HGV). Ele passará por uma cirurgia e o estado de saú­de dele é considerado estável.

As características do acidente apontam uma ultrapassagem mal sucedida, feita pelo motorista do Gol, uma verdadeira imprudência, combinado com uma Rodovia sem sinalização na estrada, e vertical, as que têm estão cobertas pelo mato, o trecho tem um retão e várias curvas sinuosas.

Alguns passageiros do coletivo sofreram ferimentos leves e foram atendidos no próprio local. No chão, era possível observar as marcas dos pneus do ônibus, pois o motorista do veículo cfreiou mais não conseguiu parar a tempo de evitar o desastre. De acordo com informações repassadas por parentes e amigos da vítima fatal, o motorista do Gol branco foi identificado por Marcos é natural de Minas Gerais e está em Pernambuco trabalhando na obra de duplicação da BR-408. Já Isabele, a vítima fatal, morava em Paudalho e trabalhava no Posto de Gasolina Total, neste município.

domingo, 22 de maio de 2011

O povão está nas ruas. Alegria marca carreata do Santa Cruz pelo Recife

Campeão Pernambuco há exatamente uma semana, tricolores estão em carreata comemorando um título após seis anos. Rival Sport é lembrado a todo instante

Em clima de êxtase e levados por uma imensa alegria de quem, após seis anos, reencontrou o caminho dos títulos, a torcida do Santa Cruz acordou cedo neste domingo para acompanhar a carreata em comemoração à conquista do Pernambucano 2011. Muitas bandeiras, fogos e buzinaços com o tradicional "Tri-tricolor, tri, tri, tri, tricolor" estão dando a tônica dos festejos. Recados como "O boi morreu", direcionados à torcida do Sport, também não param de ser entoadas em tom de gozação.

Oficialmente, dez trios elétricos fazem a festa coral. Muitos deles puxando hinos e cantos de guerra como o atual "Santa meu eterno amor,nunca negarei que sou Tricolor. Sempre vou te amar. Nunca vou te abandonar..." - ao som do pagode que embala a massa tricolor na maioria dos trios e carros. Destaque, dentre os grupos musicais, para a banda baiana Araketu, que fechará as festividades ao fim da carreata, em Boa Viagem.

Neste momento, uma parte dos trios elétricos estão saindo da Avenida beberibe, por onde passarão pela Rua Alegre, da Regeneração, Estrada Velha de Água Fria, Avenida Norte (sentido Centro), Avenida Agamenon Magalhães, Joana Bezerra, Ponte do Pina, Avenida Herculano Bandeira e Avenida Domingos Ferreira . Neste ponto, uma alteração: a carreata seguiria até a Barão de Souza Leão, mas o trajeto foi antecipado para retornar para Avenida Boa Viagem através da Avenida Ernesto de Paula Santos. A carreata se encerra no 2º jardim.

Debaixo de um sol escaldante, centenas de carros também já estão aglomerados na Avenida Agamenon Magalhães, onde aguardam a junção com os demais trios que saíram há pouco do Arruda. A carreata começou com atraso de aproximadamente uma hora e meia.

Nada, porém, que tirou qualquer animação dos tricolores, que brincam eufóricos pelas ruas do Recife. Muitos deles, claro, sem esquecer da velha rivalidade com o Sport. "É o boi, é o boi..." (brincadeira referente aos rubro-negros), não para de ser cantado a todo instante.
Fonte:http://www.pe.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/santa-cruz/2011/05/22/noticia_santa_cruz,9846/o-povao-esta-nas-ruas-alegria-marca-carreata-do-santa-cruz-pelo-recife.shtml

sábado, 21 de maio de 2011

Banda Araketu será atração na carreata do Santa Cruz no domingo


O diretor de marketing do Santa Cruz, Luiz Henrique Vieira, divulgou nesta sexta, através da assessoria de imprensa do clube que a banda Araketu será a grande atração da carreata do Mais Querido no próximo domingo.

O trio elétrico de Arlindo Cross, que irá receber a banda, estará no segundo jardim da praia de Boa Viagem esperando os tricolores.

TRAJETO - Por orientação da CTTU, a carreata do domingo sofreu uma pequena alteração no seu trajeto e não passará mais pelo bairro de Peixinhos. Da sede social do Arruda os carros seguirão pela avenida Beberibe, passando pela estrada velha de Água Fria e logo depois retornando para a avenida Norte, por onde seguem para Boa Viagem.
Fonte: Agência CoralNET de Notícias

Adriane Galisteu fecha com 'Playboy' 16 anos depois ao primeiro ensaio. A apresentadora será capa da revista da edição de agosto

 

Por FAMOSIDADES

RIO DE JANEIRO - Depois de semanas de negociação, Adriane Galisteu decidiu aceitar o convite para posar nua na “Playboy” pela segunda vez. Segundo a coluna do jornalista Bruno Astuto, no jornal “O Dia”, a loira assinou contrato com a publicação na sexta-feira (20).

Para estampar a capa de agosto, a apresentadora fez uma lista imensa de exigências e barganhou um cachê altíssimo, além de participação nas vendas. O valor, claro, não foi revelado.

O ensaio será assinado por J. R . Duran. A primeira vez que Galisteu posou nua foi em 1995.

Fonte:http://entretenimento.br.msn.com/famosos/famosidrops-confira-os-bastidores-do-mundo-das-celebridades-13
FAMOSIDADES