domingo, 3 de outubro de 2010

Eleições 2010: Balanço do TSE indica prisão de 26 candidatos até o início da tarde em todo o país

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registra, até o momento, a prisão de 26 candidatos nestas eleições. A maior parte é por boca de urna, mas há também registros de candidatos que fizeram propaganda irregular, transporte ilegal de eleitores e compra de votos. Foram 16 em Mato Grosso, quatro em Sergipe, dois no Ceará, um no Distrito Federal e um em Santa Catarina. O TSE foi notificado ainda de 70 ocorrências com candidatos, mas sem efetivação de prisões.

O ministro do TSE Arnaldo Versiani explicou que, quando um o candidato é preso, normalmente fica nessa condição até o fim do dia, quando termina a votação. Os votos que ele receber são computados normalmente. Casos de suspeita de irregularidades na captação desses votos são apurados pela Justiça Eleitoral.

Entre os eleitores, foram registradas, até o momento, 963 ocorrências policiais. Foram 368 prisões, sendo 199 por boca de urna, 97 por propaganda eleitoral irregular, 22 por compra de votos, 25 por transporte ilegal de eleitores, três por fornecimento ilegal de alimentação e 22 por outros motivos.

O estado que mais registra prisões, até o momento, é Pernambuco, com 44, seguido do Espírito Santo, onde 42 pessoas foram presas.

O balanço do TSE também indica que, até as 13h30, das 400 mil urnas eletrônicas em todo o país, 1.141 foram substituídas. O número representa 0,28% do total. O número é menor, se comparado ao das eleições estaduais de 2008. Na época, 1.208 urnas tiveram de ser trocadas até esse mesmo horário, o que representava 0,32% do total. “Apesar do maior número de eleitores, menos urnas se estragaram até o momento”, disse o ministro do TSE Henrique Naves.

Fonte:http://www.portalrondonia.com/site/eleicoes,2010,balanco,do,tse,indica,prisao,de,26,candidatos,ate,o,inicio,da,tarde,em,todo,o,pais,24041.htm

Nenhum comentário: